Sônia Guajajara, Zelensky e Assange disputam principal prêmio na Europa

Texto: Jamil Chade ( site UOL)

    Imagem: Sônia Guajajara/ Divulgação / Mídia Ninja

    O principal reconhecimento de direitos humanos na Europa, o Prêmio Sakharov, coloca a líder indígena brasileira Sonia Guajajara em concorrência direta com o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, e Julian Assange.

    O Prêmio Sakharov é concedido desde 1988, quando o sul-africano Nelson Mandela foi homenageado. No ano passado, ele foi entregue ao ativista político russo Alexei Navalny, atualmente detido na Rússia. Este prêmio da UE é dado ao indivíduos ou organizações que contribuam para a proteção da “liberdade de pensamento”. Para a edição deste ano, a lista dos indicados tem Zelensky, o povo ucraniano, Julian Assange, Sonia Guajajara e a Comissão da Verdade Colombiana. Cabe a cada bloco político no Parlamento Europeu apresentar seus indicados. No caso do líder ucraniano, seu nome foi apresentado pelo Partido Popular Europeu (EPP) e ala dos parlamentares conservadores. Os socialistas também.

     

    Compartilhar

    Rodrigo Martins

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Next Post

    Indígenas aumentam participação no Congresso, em meio a avalanche conservadora.

    ter out 11 , 2022
    Texto: site RFI (reproduzido por site UOL) As eleições para o Congresso marcaram um passo histórico para os povos indígenas, que passaram a ter três deputadas federais eleitas, além de dois descendentes de indígenas. As vitórias, também refletem a polarização política que impera no país: uma das eleitas é aliada […]