Por que adiar o julgamento do marco temporal coloca em risco os povos indígenas?

Texto: Cimi – Conselho Indigenista Missionário (instagram)

    Imagem: Hellen Loures/Cimi (reprodução Cimi-instagram)

    Povos indígenas de todo o país aguardam o julgamento do marco temporal e as mudanças que a decisão do Supremo Tribunal Federal trará para os processos demarcatórios. O território é indispensável para que os povos possam manter seus modos de vida, garantindo o direito à comida, água limpa e vida plena para todo o mundo. Além disso, a demarcação contribui com a proteção do meio ambiente, ajudando a controlar o desmatamento e a exploração predatória e, assim, combatendo a crise climática.
    No entanto, duas de cada três terras indígenas estão com a demarcação travada. Adiar o julgamento do marco temporal significa manter tais territórios, e as famílias que ali vivem, expostos a ameaças e violências por parte de invasores, como garimpeiros, madeireiros, grileiros e traficantes.

    #MarcoTemporalNão ! #DemarcaçãoJá !

    Compartilhar

    Rodrigo Martins

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Next Post

    Sebastião Salgado lança 'Amazônia' no Rio e fala sobre a degradação da floresta: ‘Funai não trabalha mais na proteção dos indígenas’

    sáb jul 16 , 2022
    Texto:  José Raphael Berrêdo – Site G1 Em entrevista ao g1, fotógrafo comenta as mortes de Dom Phillips e Bruno Pereira, critica o governo, diz que sentiu mudança climática na floresta e fala da relação com os indígenas.   Um misto de encantamento pela floresta e pelos povos indígenas com […]